Passeio Imperdível: Conheça o Parque Natural do Braço Esquerdo

Um refúgio natural e refrescante para quem ama estar pertinho da natureza, e adora explorar suas maravilhas! O Parque Natural do Braço Esquerdo fica na divisa entre São Bento do Sul e Corupá, e reserva paisagens lindíssimas aos visitantes.

No último domingo de 2018 (30/12), chamei a família para curtir um dia ensolarado diferente! Fomos até Corupa para explorar o Parque Natural do Braço Esquerdo. Embora o lugar pertença ao munícipio de São Bento do Sul, o acesso mais fácil é por Corupá, onde você deve chegar até a Estrada Ano Bom e seguir.

A estrada é sinuosa, tem muitas pedras e as subidas bem íngremes que são dão acesso ao parque, são estreitas e com vários desníveis. Nós estávamos de Fox Extreme, e conseguimos subir, mas, quem for com veículo 4×4 subirá com mais tranquilidade hehe.

Sobre o Parque Braço Esquerdo

Do centro de SBS até o Parque, são aproximadamente 42km, descendo por Corupá. Você também tem a opção de ir por Rio Natal, que foi por onde optamos voltar. A entrada para conhecer o Parque tem o custo de R$10,00 por pessoa, e no local também tem opção de camping com cozinha coletiva (R$20,00 por noite), infraestrutura de estacionamento, e banheiro com chuveiro quente.

Para conhecer a belíssima cachoeira do Braço Esquerdo, há uma pequena trilha de 150m do estacionamento até ela. O trajeto é bem curto, e reserva várias nascentes, pequenas quedas d’água e uma imensa pedra que deixa o percurso ainda mais bonito.

Com aproximadamente 90 metros de altura, a majestosa Cachoeira do Braço Esquerdo é de encher os olhos! Imensa e cheia de encantos, ela forma um poço de água em sua queda, no qual é possível os visitantes tomarem banho.

No dia que visitei a cachoeira, tinham várias pessoas se refrescando na queda da cascata, o lugar é rodeado por vegetação, e a queda d’água refrescante é realmente um convite para permanecer por ali um bom tempo desfrutando de sua piscina natural.

A cachoeira tem o nome de Braço Esquerdo porque é um afluente a esquerda do rio Ano Bom, o principal da região.

Logo na entrada do Parque, também é possível conhecer a cachoeira Andorinha, uma queda d’água bem mais singela, mas cheia de charme.

Para os aventureiros, no Parque tem opção de escalada, a qual atrai escaladores do Brasil inteiro. Para ter mais informações sobre o nível as paredes de escalada e sobre os festivais entre os praticantes que são oferecidos com frequência, acesse o site do parque nesse link: Escalada Braço Esquerdo.

Retornamos do passeio pelo interior de São Bento do Sul, e fizemos uma parada em Rio Natal, no Restaurante Ruda, do qual já falei mais aqui nesse post: Explorando Rio Natal: Restaurante Ruda e Parque Natural das Aves.

Lá saboreamos um delicioso café colonial (R$17,00) e nos refrescamos no rio que fica atrás do restaurante.

Foi um passeio revigorante! Estar em meio à natureza, sem sinal no celular, e sem wifi, é sempre um ótimo programa, não é? O verão está só começando e temos tempo para explorar várias cachoeiras da região. Aqui no Blog já falei também da Cachoeira Moinho Fuchs e também de duas que ficam em Rio dos Cedros.

E você, gosta de cachoeira? Qual sua preferida aqui na região? Me conta aqui nos comentários que eu vou conhecer!! Esse ano quero conhecer a Rota das Cachoeiras, até o final do verão eu vou, rsrs. Se tiverem outras para indicar, deixem aqui, vou amar ler seu comentário sobre o post e suas sugestões.

PS.: Se for no Parque Braço Esquerdo e postar foto, não esquece de mencionar que viu a dica aqui no blog, assim outras pessoas podem aproveitar os conteúdos. 🙂

Obrigada pela companhia até aqui, FELIZ 2019, e até a próxima!!

Compartilhe! ♥
Facebook
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Facebook
Instagram