Para Sempre Alice | Uma história comovente sobre o Mal de Alzheimer

Alice Howland, 50 anos, casada, mãe de três filhos e no auge da sua carreira como professora de psicologia e linguística de Harvard, de repente com mal de Alzheimer. Só com essa sinopse já dá pra imaginar o quão comovente e emocionante é o livro, não é? Ao acompanhar a leitura, e “vivenciar” as cenas, é inevitável não se emocionar com a história… Muito mais do que entender o mal de Alzheimer, esse livro nos força a fazer várias reflexões pessoais e profissionais, acompanhe no artigo:

No livro Para Sempre Alice, a autora descreve já no início, o resumo do dia a dia de Alice, que por sinal, sempre foi muito corrido. Bem sucedida na carreira, Alice, além de ser professora titular em Harvard, publicou vários livros, sabia qualquer bibliografia da sua área de cor, e participava ativamente de eventos sobre psicologia e linguística como palestrante no mundo todo.

Seu marido (John) também tinha uma vida profissional muito agitada, e seus filhos (Anna, Tom e Lydia), já adultos seguiam suas carreiras e sempre encontravam os pais. Eis que na loucura do dia a dia, Alice começa a esquecer algumas coisas, como: “Onde coloquei meus óculos?”, “Qual é a próxima aula”? Mas justificou os deslizes com o estresse cotidiano e a possível chegada da menopausa.

Até chegar o dia em que Alice caminha perto da sua casa, esquece o rumo, e não sabe como voltar. Ali ela percebeu que os sintomas não eram normais, e então procura um médico, que depois de analisar alguns exames que a pediu, diagnosticou Alice com mal de Alzheimer precoce, uma doença degenerativa incurável.

O livro Para Sempre Alice, narra todos os detalhes da fase da descoberta da doença. O desespero, o medo e a insegurança que Alice sentia em ter que contar para seu marido, seus filhos e seus colegas de profissão, já que ela sempre foi totalmente independente. Foram dias de angustia até ela criar coragem e contar a todos. Depois disso, ela iniciou o tratamento para tardar o progresso da doença.

A autora descreve como a doença foi avançando, e como foram suas relações com a sociedade e consigo mesma. Em ricos detalhes, o livro proporciona um conhecimento real sobre o mal de Alzheimer, relata alguns dados da doença, fala dos desafios do paciente e dos familiares que convivem com a doença, cita os tratamentos existentes e as buscas pela cura, e ainda fala sutilmente sobre o gene que pode causar a doença, e como ele pode ser descoberto na juventude.

Para Sempre Alice é um livro emocionante e envolvente, que faz você se sentir no lugar de Alice, ou dos familiares, e imaginar quais desafios você teria se alguém muito próximo de você tivesse com a doença.

Vale muito a pena ler o livro, é uma leitura bem atraente, que faz você acabar o livro bem rapidinho.

Separei duas citações marcantes do livro para vocês terem ideia de quão tocante a história é:

Quando não há mais certezas possíveis, só o amor sabe o que é verdade.”

Meus ontens estão desaparecendo e meus amanhãs são incertos. Então, para que eu vivo? Vivo para cada dia.Vivo o presente. Num amanhã próximo. Esquecerei que estive aqui diante de vocês e que fiz este discurso. Mas o simples fato de eu vir a esquecê-lo num amanhã qualquer não significa que hoje eu não tenha vivido cada segundo dele. Esquecerei o Hoje. Mas isso não significa que o Hoje não tem Importância.”

Ele tem 288 páginas e foi escrito pela Lisa Genova, que também é autora dos livros “Nunca Mais Rachel” e “Com Amor, Anthony”.

O livro custa em média R$30,00.

Se gostou da dica e irá aproveitá-la, não esquece de contar depois o que achou do livro, tá? Beijos e até a próxima!

Compartilhe! ♥
Facebook
Instagram

2 thoughts on “Para Sempre Alice | Uma história comovente sobre o Mal de Alzheimer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Facebook
Instagram