Conheça o Forte Marechal Luz – Símbolo histórico de Santa Catarina

No feriado de Páscoa desse ano eu e minha família fomos para Enseada – São Francisco do Sul,  e eu aproveitei para voltar no Forte Marechal Luz, o qual eu havia visitado na infância, e sempre tive o desejo de retornar. Nesse post vou compartilhar a experiência com vocês, a paisagem de lá é linda, e o museu conserva muita história do nosso País.

Aproveitamos o feriado da sexta-feira, para pegar nossas bicicletas, e sair da Praia de Enseada rumo ao Forte Marechal Luz. Estava uma manhã linda e fresquinha, perfeita para pedalar e aproveitar a brisa que nos acompanhou durante o pedal.

Como saímos cedinho de cada, por volta das 07h00, conseguimos registrar o belíssimo nascer do sol na Praia de Ubatuba, caminho para o Forte.

Depois de aproximadamente 12km percorridos, chegamos ao local que ainda não estava com a entrada liberada, pois as visitas são à partir das 08h00. Ficamos do lado de fora observando enquanto os militares hasteavam e saudavam a bandeira. Às 08h00 em ponto o acesso para a bilheteria foi liberado, a visita custa R$2,00, mas para quem vai pedalando, tem acesso livre. 😀

Forte Marechal Luz

Logo na entrada é possível apreciar o belo pátio de frente para o mar que é bem arborizado e agradável para um passeio em família, por exemplo. Nesse mesmo local, ficam os dormitórios, casas e apartamentos que são equipados para receber as colônias de férias.

Seguimos pela estrada que dá acesso ao mirante principal e ao museu do Forte. São 1800m de subida íngreme e cheia de pedras e curvas bem sinuosas, um ótimo exercício físico para iniciar o dia, ein? O caminho é todo arborizado, e a sombra e as vistas para o mar de alguns trechos, aliviam o trajeto.

Registo feito no retorno do mirante.

A vista lá de cima compensa todo o esforço, e caso você não esteja disposto a subir pedalando ou caminhando, pode ir de carro até o local.

Como fomos bem cedinho, o mirante ainda estava vazio, e acreditamos que esse deve ter sido o motivo de termos tido o privilégio de ver tantos bugios (alouatta – espécie de macaco) bem próximos de nós se alimentando nas árvores que cercam o local. Infelizmente nas fotos não dá pra ver, porque eles ficam camuflados em meio aos galhos. Mas o cão que nos acompanhou durante o percurso dentro do forte e está ali concentrado neles, não nos deixa mentir.

Forte Marechal Luz

São Francisco do Sul é uma cidade histórica e carrega consigo muitas lembranças e memórias para os turistas. É a cidade mais antiga de Santa Catarina e a 3ª mais antiga do Brasil, e um dos principais pontos turísticos que ela preserva, é o Forte Marechal Luz.

A história desse lugar começou no início do século XVIII, época em que os portugueses instalaram uma bateria de artilharia no local, para defender o litoral dos estrangeiros invasores.

Com o passar dos anos a necessidade por um lugar de defesa na região foi aumentando. Os portos ficavam no centro de SFS, e ali chegavam e embarcavam várias mercadorias, ou seja, essa economia precisava de mais segurança.

A madeira e a erva-mate por exemplo, saiam dali para exportação, e o trigo chegava para abastecer a região. Além desse fator, outro fato que contribuiu para a construção do Forte Marechal Luz, foi a ausência de um Forte entre o que ficava em Paranaguá e o de Florianópolis, a extensão entre eles era muito grande.

Em 1909 a construção do Forte iniciou, e sua inauguração oficial foi feita em 21 de dezembro de 1915, o qual recebeu o nome de Marechal Luz em homenagem ao militar catarinense Francisco Carlos da Luz. Francisco foi deputado-feral pela Província de SC duas vezes, com a Guerra do Paraguai foi promovido a major, e também assumiu a direção do Arsenal na Guerra do Rio de Janeiro e foi comandante-geral de artilharia do Exército.

O Forte Marechal Luz recebeu a instalação de quatro canhões comprados do Reino Unido, os quais estão lá até hoje. Os mesmos nunca foram usados para disparos contra embarcações, mas eram usados para praticar exercício de tiro em alvos móveis no mar.

Em 1977 o funcionamento do Forte teve fim, pois o exército brasileiro precisava investir em fortificações mais avançadas. Foi aí que o local recebeu reparos e adaptações, para que em 1990 passasse a ser uma colônia de férias. Hoje trabalham no local aproximadamente 50 militares para manter e proteger esse símbolo histórico.

No local também é possível visitar o Museu do Forte, onde era o quartel de guerra do local, que fica abaixo do nível do terreno, de onde também saem as rampas de cada canhão. Nesse museu estão expostos documentos antigos, armas e outras ferramentas que era usados na época em o Forte funcionava.

 

De lado de fora do museu, tem arvores belíssimas pra curtir o dia, e também trilhas que dão acesso a outros mirantes.

O Forte fica há aproximadamente 18km do centro histórico de São Francisco do Sul, 10km do centro da Enseada e há uns 50km de Joinville. Fica localizado na estrada geral do Forte, s/n, na Praia do Forte em SFS. O trajeto de bike está aqui no meu strava.

Finalizamos o passeio e o pedal com vontade de explorar mais lugares de SFS, a cidade tem muito para oferecer aos visitantes, a energia de lá é maravilhosa, já quero voltar. 😊

E vocês, já conheciam? Gostaram de ter dicas de passeios no litoral catarinense também? Pra quem curte passeios como esse, também pode gostar dessas dicas: Rio dos Cedros, Ilha Camping, Cachoeira Formosa e Gruta do índio e Explorando Rio Natal: Restaurante Ruda e Parque das Aves.

 

Obrigada pela companhia. ♥ Beijos e até semana que vem. 😊

Compartilhe! ♥
Facebook
Instagram

2 thoughts on “Conheça o Forte Marechal Luz – Símbolo histórico de Santa Catarina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Facebook
Instagram